O TEMPO
8/5/2013
O tempo é um amigo.

Mas se a gente brigar com ele, vira um inimigo mortal.

Implacável.

Vingativo.

Então, melhor não brigar.

É preferível harmonizar com ele.

Deixar de considerá-lo um roedor, destruidor de vidas.

Pensar nele como um companheiro.

Fiel e paciente.

Um aliado.

Quando erramos, não gostaríamos de ter outra chance de corrigir o erro?

O tempo pode nos proporcionar essa chance.

Quando estamos perdendo o jogo, aos 44 do segundo tempo, não gostaríamos de mais algum tempo para reverter o resultado?

A sabedoria popular já consagrou:

“Dar tempo ao tempo”
“O tempo cura todas as feridas”
“O tempo é o melhor conselheiro”
“Só o tempo dirá”...

E outras verdades.

Uma coisa é certa:

Ele sempre passa rápido nos bons momentos e demora a passar nos momentos tristes..



INDEPENDENTES